Aplicativos para se perder

maio 26, 2015 § Deixe um comentário

Muito tem se comentado (inclusive eu) da necessidade de se organizar, priorizar, definir indicadores, enfim, escolher um caminho. Tudo isso é muito importante e não deve nunca ser deixado para trás, mas há outro lado que também não podemos nos esquecer: da necessidade de abrir espaço para o acaso, pra o inesperado.

A filosofia oriental é pródiga na defesa (há milênios) do equilíbrio. Lao Tzi, que inspirou a filosofia por detrás de religiões como o Taoismo e o Budismo, além de artes marciais como o Kung Fu e o Tai chi chuan, já “batia na tecla” da necessidade de manter a cabeça nas nuvens e os pés no chão, se beneficiar tanto da razão, quanto da imaginação.

Para quem quiser começar a exercitar a alegria do fortuito, segue o link de um post do blog Da Vinci, um projeto do ISVOR, o braço educacional da FIAT, com uma lista de aplicativos que ajudam a descobrir novos lugares por acaso: Vá se perder por aí.

Anúncios

Marcado:, , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Aplicativos para se perder no Marcelo Tibau.

Meta

%d blogueiros gostam disto: